Artigos

26/10/2011

TRIBUTOS: POUCOS SABEM COMO FUNCIONA

Baixar artigo

Imagem Artigo

     Contudo, mesmo unindo "a fome e a vontade de comer", uma quantidade irrisória de brasileiros sabe realmente como funciona a arrecadação dos tributos no Brasil.

 

    E o tema é complicado de verdade. Tão complexo, ao ponto de, às vezes, flagrarmos alguém a imaginar que o sistema tributário nacional foi pensado dessa forma propositalmente para quase ninguém entender mesmo. Também pudera, só o
portal tributário listou 85 tipos e siglas distintas de tributos, impostos, contribuições, taxas ou outro nome que queiram chamar a cobrança de algum percentual de determinada quantia, no Brasil, para redirecioná-la e repartí-la entre órgãos dos municípios, estados e da própria União. Isso corrobora para distanciar ainda mais o contribuinte da realidade do fisco.

 

Indignação

 

    Apesar do desconhecimento generalizado da sociedade, o que é praticamente uníssono na "voz embargada" de cada contribuinte deste País é o "grito de indignação" de que a carga tributária é elevada demais para o pouquíssimo retorno em qualidade de vida daqueles que, efetivamente, sustentam o sistema e pagam (caro) por essa conta: os cidadãos brasileiros.

 

    Mas não para por aí. Apesar de desinformada acerca dessa temática, a ponto de não saber, por exemplo, que, apenas para ler essa reportagem na versão impressa, estão sendo pagos 14,09% do valor do jornal só em impostos (dado do IBPT); a população sabe, contudo, que a culpa de tudo estar desse jeito são a péssima gestão do dinheiro público e os intermináveis episódios de corrupção que parasitam e flagelam o desenvolvimento do Brasil faz tempo.

 

Mobilizações

 

    E é com um fio de esperança para conseguir modificar esse cenário histórico no Brasil que se replicam as mobilizações por todas as unidades federativas, em especial, por meio da internet. É o caso de uma das mais famosas destas manifestações, que, aliás, já chegou às ruas de São Paulo: o impostômetro. A ferramenta é uma das principais maneiras de exposição do peso dos tributos no nosso bolso. Para se ter uma ideia, até a última sexta-feira, o equipamento calculou que o brasileiro já tinha pago R$ 1,06 trilhão só em tributos - índice recorde.

 

    O número equivale a mais de R$ (5,5 mil) por habitante; R$ (163,5 milhões) por hora; R$ (2,7 milhões) por minuto; e R$ (45,4 mil) por segundo. Basta acessar o http://www.impostometro.com.br para obter essas e outras informações. Todos os dados, garante o site, são atualizados em tempo real. (ISJ)

http://diariodonordeste.globo.com


26/10/2011

SPED - O FISCO DENTRO DA EMPRESA

Passou-me pela mente hoje o filosófico ditado: "Para quem sabe ler um pingo é letra...".  É que nesta semana apresentei um seminário para alunos de contabilidade de uma universidade e a professora que nos convidou pontuou o seminário com a seguinte proposição:

+ mais

26/10/2011

Receita Federal define a EFD-PIS/COFINS das PJ do lucro presumido

O ADE Cofis nº 24/2011 altera o Manual de Orientação do Leiaute da Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins (EFD-PIS/Cofins) do Anexo Único do ADE Cofis nº 34, de 28 de outubro de 2010.

+ mais

26/10/2011

Limite Diário das Horas Extras

As horas extras é o mal necessário para o empregador e para o empregado. Ambos buscando atender a demanda do capitalismo "selvagem" que percorrem a economia mundial. Nesse diapasão o Estado procurou regular o limite dessa extensão, pois a prática irregular prejudicaria sobremaneira a saúde do trabalho e traria desequilíbrio na economia.

+ mais

26/10/2011

Mudanças no Simples Nacional são aprovadas no Senado

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou ontem o relatório do senador José Pimentel (PT-CE) ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 77/2011 que faz ajustes no Simples Nacional.

+ mais


Mostrando 1 - 4. Total de 5 em 1 página(s).


Desenvolvido por: www.softbest.com.br

Rua Desembargador Pedro Silva, 750
Sala 15, Centro, Criciúma - SC